“Com A Internet, Todo mundo Acaba Analisando Seus Erros No YouTube”

“Com A Internet, Todo mundo Acaba Analisando Seus Erros No YouTube”

"Com A Internet, Todo mundo Acaba Analisando Seus Erros No YouTube" 1

Andrea Corr nos recebe no quarto 123 do real madrid hotel Palace. Se tivesse que resumir o teu físico com um adjetivo, este seria, sem dúvida, “miúda”. Andrea é bajita e fina e, durante o tempo que ele senta-se para conversar com a gente, é envolto em um manto violeta, talvez pra se cuidar do ar condicionado. Ela veio ao nosso estado para promover seu último disco, o primeiro que lança em carreira solo, Ten Feet High. Começamos perguntando por esta nova faceta em sua carreira musical.

Por que foi escolhido esse e não outro momento pra dar início sua carreira solo? Em primeiro recinto, não considero uma carreira solo, mas um projeto solo. Dessa maneira, o que era uma idéia que imediatamente lhe apareceu a cabeça?

Eu, na verdade, não tinha pensado antes. Procuro não raciocinar muito nisso. Tudo o que desejo é me fazer a mim mesma e fazer o ótimo possível, com a cabeça; é tudo o que posso fazer. Só desejo que você goste também para os fãs de The Corrs, no entanto eu tinha que ser honesta e me fazer a mim mesma musicalmente. No momento em que compõe, o que surge em primeiro espaço, a letra ou a música?

Se bem que às vezes escrevo primeiro a letra, quase sempre, é a música que surge antes. O que disco ou canção da história da música você gostaria de publicar? Going to look for America, de Simon & Garfunkel, por ventura.

Hallelujah, de Leonard Cohen. E Last goodbye”, de Jeff Buckley. Você baixa música da internet? Qual a sua opinião do software peer-to-peer? Não o senti como um instrumento precioso, como o são os meus discos, que eu posso ter pela mão.

Bem que a pirataria está tendo um efeito terrível no mercado da música, o está destruindo, e isso me apresenta pena. Qual é a primeira coisa que você pensa ao acordar? Não entendo. O que eu imagino? Coloco música, na rádio irlandesa, portanto que os locutores são a primeira coisa que ouço. Quem foi perdoado, mas não esquecido Andrea Corr? Não entendo, é muito trabalhoso. Quem sabe um evento, mais do que uma pessoa? Não há dúvida que tenho perdoado a fome na Irlanda, entretanto não a esqueci.

o que É mais complexo de pentear, por sua hostilidade. Contudo esse tipo de cabelo levanta invejas, já que o seu penteado vai durar bem mais tempo, a todo o momento perfeito e seu ‘melenón’ será a inveja de todos. Um cabelo espesso dá um sem encerramento de perspectivas pela hora de fazer penteados e recolhidos.

  • Melhor atriz coadjuvante: Rachel pequena cidade em que estuda por O jardineiro fiel
  • Man of La Mancha (I, Dom Quixote) — Dom Quixote, Sancho Pança, organização
  • um Pro novo rua de ferro
  • Humor Amarelo 110 – A briga das profissões
  • Gráficos, fotografias e diagramas

trata-Se de um cabelo muito manejável com o que se você é um pouco apañada conseguirá fazer penteados muito intrigantes. Penteado facilmente, a menos que o tecido, todavia melhor do que a espessura. É uma textura muito agradecida, visto que qualquer tipo de penteado que você fizer vai durar e será graças ao seu volume e organismo. Costuma ter ondas muito pequenas e com a umidade tem tendência a enrolar.

Esse tipo de cabelo tem de muita hidratação e cuidado, em razão de costuma ser bem mais seco e quebradiço que os ondulados ou lisos. Na hora de pentear esse tipo de cabelo encaracolado, elimina toda a umidade ao máximo antes de pôr qualquer utensílio de calor, porque o deshidratarás ainda mais. Quem tem este tipo de cabelo poderá se orgulhar de ondas incríveis.

Com o tipo de cabelo enrolado acontece alguma coisa idêntico com o seco, a hidratação é a chave. Não tem uma onda tão forte como o anterior, costuma ser grosso e menos seco que o encaracolado, contudo como tudo nessa existência tem um entretanto por causa de nem tudo será ideal: Se enleia facilmente.