Fight Club Got ‘Where Is My Mind?

Fight Club Got ‘Where Is My Mind?

Fight Club Got 'Where Is My Mind? 1

Fight Club (chamado de O clube da luta na Espanha e, como O clube da competição, em Portugal) é um video de humor negro norte-americano de 1999, fundamentado no romance homônimo de Chuck Palahniuk. O video foi dirigido por David Fincher e estrelado por Edward Norton, Brad Pitt e Helena Bonham Carter. O romance de Chuck Palahniuk foi escolhida por Laura Ziskin, produtora da 20th Century Fox, que contratou Jim Uhls para digitar o roteiro da adaptação cinematográfica.

David Fincher, foi um dos quatro diretores considerados e, enfim, foi contratado por seu entusiasmo pelo projeto. Fincher construiu o roteiro com Uhls e solicitou a auxílio de escrita atores e outros membros da indústria do cinema. O diretor copiou os matizes homoeróticos da novela de Palahniuk pro público e impossibilitar que anticipasen a dramática reviravolta do término. Os executivos do estúdio não gostaram do vídeo e reestructuraron a campanha de marketing para tentar suprimir as perdas. Fight Clube não cumpriu com as expectativas do estúdio em bilheteria e obteve reações polarizadas por parte da crítica, tornando-se um dos videos mais polêmicas e controversas desse ano.

Os críticos elogiaram a atuação, a direção, os assuntos e as mensagens, mas debateram a respeito da brutalidade explícita e a ambiguidade moral. O narrador (Edward Norton), cujo nome nunca é mencionado, é um funcionário de uma corporação automobilística que sofre de insônia. O médico recusa-se a prescrever medicação e, ao queixar-se de que está sofrendo, lhe diz que irá a um grupo de suporte para observar o que é sofrimento de verdade. O narrador assiste a um grupo de apoio pra vítimas de câncer testicular e, após convencê-los de que ele também está afligido da doença, descobre uma libertação emocional que lhe cura a insônia. Após um voo de volta para residência numa viagem de negócios, encontra seu apartamento arrebentado por uma explosão.

Chamado Tyler Durden (Brad Pitt), um vendedor de sabão a quem havia popular em um avião, e se reúnem em um botequim. Uma fala sobre consumismo faz com que Tyler convida o narrador a continuar em sua casa. Tyler aceita com a condição de que o bata. Ambos se envolvem em uma luta fora do bar, para o narrador, em seguida, modificar-se pra casa em ruínas de Tyler. Continuam a ter mais guerras fora do boteco, coisa que atrai um par de curiosos.

As brigas passam para o porão do bar, onde se forma um clube de luta regido por uma série de regras. Marla sofre uma overdose de pílulas e telefonea ao narrador pra ajudá-la; ele a ignora, não obstante Tyler toma a chamada Marla e vai por ela.

  • Sete de 21
  • É um poderoso antioxidante por ser repleto de tocoferóis
  • O tratamento da mulher segundo a lei islâmica
  • Semana 3: Uma dança não aprendeu (Noite de Hollywood)
  • As vermelhidões se pronunciam 8% e as manchas escuras, 11%
  • três Campos de concentracao Estados unidos
  • A violetera – Borrah Minetivich

Tyler e Marla começam uma ligação, em que Tyler avisa o narrador nunca fale a Marla sobre ele. Se vão formando mais clubes de disputa durante o estado, tornando-se uma organização anticapitalista e anticorporativista chamada ” Project Mayhem), com Tyler como um líder.

O narrador se queixa a Tyler que pretende estar mais envolvido na organização, entretanto Tyler desaparece. Após a morte de um associado (Bob) do Project Mayhem, o narrador tenta conceder por encerrada a organização, e tenta seguir a pista pra Tyler. Numa das cidades, um filiado do projecto chama o narrador por Tyler Durden. O narrador chama a Marla do seu quarto de hotel e localiza que Marla bem como acredita que é Tyler. De repente, ele vê Tyler Durden no quarto, e este lhe explica que são personalidades dissociadas dentro do mesmo corpo humano. Tyler controla o organismo do narrador quando ele está dormindo. Depois do bate papo com o narrador fica inconsciente.