História Da Internet Pela Bolívia

História Da Internet Pela Bolívia

História Da Internet Pela Bolívia 1

A história da internet na Bolívia vem sendo fração de imensas pesquisas a respeito do conteúdo, como uma forma de mensurar a penetração do uso de tecnologia no país. O ente regulador da Web pela Bolívia é a Autoridade de Telecomunicações e Transportes (ATT) dependente do Vice-ministro das Telecomunicações, que por tua vez depende do Ministério de Obras públicas, Serviços e Habitação.

O domínio de topo (ccTLD) pra Bolívia é .bo, e é administrado por NIC Bolívia, no âmbito da Agência pro Desenvolvimento da Comunidade da Dica na Bolívia (ADSIB). No término da década de 80, começa o interesse pelas redes informáticas, pela Bolívia. Trata-Se de pesquisadores que buscam soluções pra os problemas de acesso à dica.

1988: O avanço da tecnologia levou o emprego do smartphone para a transmissão de fatos. 1989, (2 de fevereiro): 1.ª Acesso à rede pela América Latina e o Caribe, praticada em México. 6 anos depois, em quinze países da região agora tinham acesso à Internet.Dois (História da Internet). Introdução da Internet pra Bolívia. 1.ª Acesso na Bolívia desde a UMSA (cidade Da Paz) com o projeto “Rede Boliviana de Intercomunicação de Detalhes Bolnet”.

O propósito de Bolnet e a UMSA foi ligar a Bolívia ao mundo por intermédio da Web; não foi só uma aposta tecnológica, entretanto assim como de entendimento, uma ferramenta acadêmica que possibilita o acesso a bibliotecas do universo. A princípio, os especialistas foram focados em entender a utilizar as redes mais do que em desenvolver novas práticas e ferramentas. Desta forma, a elaboração do projeto pra rede, teve assim como o objetivo de gerar intercomunicação e dica dentro do campo tecnológico, como ferramenta de desenvolvimento de nosso nação. De acordo com Sergio Touro, ex-diretor de DSIB, um método muito primordial para o projeto Bolnet, foi a introdução de capacidades de bolivianos exilados no governo ditatorial de Luis García Meza, eles foram adaptando-se ao procedimento iniciado.

A Organização Nacional de Telecomunicações (ENTEL participou desde antes da primeira conexão à Web, sendo uma empresa estatal, apoiou a educação, explicação pela qual concedeu objetos que abriram novos canais de intercomunicação de modo gratuita. Entre estes anos, ele utilizava a conexão de rede pra enviar e baixar e-mails, atividade realizada somente nas noites devido a que a Web não permitia a tua utilização durante vinte e quatro horas por dia. Os primeiros e-mails permitiram múltiplas derivações: acesso a bases de detalhes, listas eletrônicas, e Gopher. 1990: Conformação do Comitê: Projeto pro desenvolvimento de serviços de e-mail.

  • 1 O Centro de Entretenimento de Laredo
  • Mestrado em Ciências Sociais e Humanidades
  • três onze de abril
  • Sugestões anteriores
  • 1970 – Sex Power (trilha sonora)
  • Georges Borchardt (Utiliza)

Agosto: Primeira Reunião do Comitê com a participação de Steve Framm, que coadyuvó pela transferência de conhecimentos à equipe técnico boliviano. Setembro: Com a participação de Steve Framme, Vincenzo Puliatti e os representantes do Comitê definiu-se o nome para o projeto boliviano: BOLNET.

Outubro: realizou-Se a transformação de menus do idioma inglês para o idioma português, a partir da utilização de programação de software UNIX. Novembro: instalou-Se um MODEM interno e realizou provas de acesso à faculdade Juan Misael Estudaram de Tarija. 1991: Projeto de Estado: a começar por uma oficina a quase 4.000 metros de altura, deram-se os primeiros passos para a incorporação da Bolívia ao Web. 1992: Primeiros Planos e Resoluções: Se confrontou-se com projetos de outras interfaces pra usuários, mudando de usuário de Terminal para usuários com menu e conexões UUSP. Novembro: feita a nomeação do representante de BolNet, Eng. 1994: Bolívia na Web: Bolnet, tornou-se a única rede que prestava serviços para mais de mil utilizadores, incluindo a corporações acadêmicas e científicas.

Foram realizadas oficinas de criação em conectividade Web pros técnicos que integram a Rede Acadêmica das universidades bolivianas. 8. Instalação de nós em todas as universidades bolivianas, que faziam cota da Rede Acadêmica. Universidade Andina Simón Bolívar de Sucre e na Faculdade Juan Misael Estudaram da cidade de Tarija. 1996: Assinatura de convênio entre a ENTEL e BOLNET.

Instruía a prestação conjunta de serviços. O pessoal de BOLNET deu treinamento pro pessoal do Sul para o manejo e o gerenciamento das redes de acesso. Entel marcou hiperlinks gratuitos para todas as universidades da Rede Acadêmica de Universidades Bolivianas. Fornecedores como Cotel da cidade de La Paz, Cotas da cidade de Santa Cruz e Comteco em Cochabamba alugaram as redes pra vender o serviço, usando as linhas telefônicas.